Torne-se um seguidor deste blog!

Se
você não pode visitar a APAE pessoalmente, visite pela internet: Não perca a oportunidade de conhecer esse belíssimo trabalho!

A pessoa com deficiência quebra a cultura da indiferença. Tenha coragem de ser diferente.


Projeto do Luxo ao Lixo

Breve materia e fotos sobre as atividades do projeto de Consciência Ambiental da APAE de Conselheiro Lafaiete.


Filmes e gibi da Turma da Mônica na tematica do autismo, acessem e façam downloads.


http://www.ama.org.br/html/info_turm.php



Dicas de Sites

www.autismo.com.br/
www.ama.org.br
www.autismoinfantil.com.br
www.universoautista.com.br
mundodoautismo.blogspot.com/
www.autismo-br.com.br
www.inspiradospeloautismo.com.br



Dia Mundial de Conscientização do Autismo (dia 2 de abril)

Há tempos procurava na internet um vídeo no qual assisti um única vez, e que na época me sensibilizou bastante.

Durante esse período utilizei diversos descritores no site youtube a fim de localizá-lo, e nada de obter êxito na minha procura, foi então que numa noite de sexta feira, como um click, veio a minha cabeça a idéia de pesquisá-lo com o descritor em inglês e foi onde encontrei esse do qual acho um dos mais lindos vídeos que já assistir sobre autismo.

Vou compartilhar com vocês o que tanto me fascina neste vídeo.

Observem que a criança do vídeo só desenhava utilizando lápis preto completando toda a folha, comportamento este atípico para crianças da mesma idade, que utilizam de todas as cores e criatividade possível na hora de realizar um desenho.

Diante desse comportamento estranho, sua professora comunicou com os pais da criança o fato observado, por sua fez a família também passou observar tal comportamento.

Preocupados com a situação os pais da criança decidiram procurar ajuda medica para identificar a raiz do problema. Foi onde a criança passou por diversas avaliações e observações clinicas com toda equipe medica.

A intensidade e freqüência do comportamento apresentou-se num continuo, e durante um período não houve mudanças no seu quadro. A fim de estudar tal comportamento a criança foi isolada em uma sala e supervisionada por uma única pessoa.

Angustiada pela situação e sentido falta de seu aluno na sala da aula a professora teve um insigth e vislumbrando a peça de quebra cabeça identificou qual seria o desejo de seu aluno, juntamente com o profissional que supervisionava a criança, ambas começaram a juntar todas as folhas pintadas de preto.

Foi onde todos da equipe medica juntamente com os pais da criança emocionados puderam entender que na realidade a criança queria pintar um desenho de baleia de tamanho natural.

O que podemos tirar de reflexão deste vídeo?

Acredito que devemos nos ater nas necessidades das pessoas que estejam ao nosso redor, pode ser um paciente, aluno, primo, irmão, ou seja, quem for.

Devemos procurar observar, analisar e propor uma intervenção de respeito às diferenças.

Não estou dizendo que seja fácil tentar identificar as demandas apresentadas, principalmente por aqueles que não consiga comunicar verbalmente ou gestual como no caso de crianças autistas, mas devemos utilizar de todos os nossos sentidos para detectar as demandas individuais.

Acredito que independente do tamanho dos nossos sonhos devemos reunir forças para realizá-los.

Luz e paz!

Abraços terapêuticos

Daniel Augusto

Terapeuta Ocupacional

APAE- Conselheiro Lafaiete

Assistam

Nota de Falecimento


Nota de Falecimento

É com imensa tristeza que a família apaeana de Conselheiro Lafaiete sente a perda do nosso querido aluno Jadson( Nem).

Como não nos lembrarmos da música que Nem cantarolava sempre?

Como não mencionar aqui sua sabedoria infinita ao gosto tão sutil de uma melodia e letra tão interligada ao sentido exato do viver ?

A vida nos foi dada de graça e junto com ela, todas nossas ações arrastam-se na plenitude da eternidade !

Você não se foi! No centro do vôo de seu ser eexistirá sempre a oportunidade da andorinha sobrevoar vez em quando nos céus da APAE para lembrar sempre que “a arte de viver consiste em tirar o maior bem do maior mal “ A você que com todo seu bem retirou tanto mal desse mundo excludente, vá em paz ! Cumpriu com dignidade e alegria seu papel junto a nós !

Voa, andorinha, voa ! Os Anjos os receberão ! É como uma“andorinha”voltando à casa de nosso Pai Celeste...

As lembranças felizes ficarão sempre no sentimento de todos que puderam compartilhar da convivência com este ser especial.

Obrigado !





As Andorinhas

As andorinhas voltaram
E eu também voltei
Pousar, no velho ninho
Que um dia aqui deixei
Nós somos andorinhas

Que vão e quem vem
Á procura de amor,
Ás vezes volta cansada,
Ferida machucada
Mas volta pra casa
Batendo suas asas
Com grande dor
Igual a andorinha
Eu parti sonhando
Mas foi tudo em vão
Voltei sem felicidade

Porque, na verdade
Uma andorinha,
Voando sozinha
Não faz verão


Em comemoração ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo (dia 2 de abril) , estarei postando ao longo da semana diversas matérias sobre a temática autismo.

E para iniciar, posto este belíssimo vídeo que muito me emocionou!!

Na APAE de Conselheiro Lafaiete assistimos alunos autistas nos diferentes níveis do espectro e para tanto nos mostramos sensibilizado a esta data tão importante.

Seguindo a proposta da Conscientização do Autismo peçamos a todos que na data do dia 2 de abril vistam uma camisa ou uma peça na cor azul.









Vale a pena assitir!!

Divulgação - A APAE de Conselheiro Lafaiete Partcipa!!!!


Dia Internacional da Síndrome de Down



Dia Internacional da Síndrome de Down: data para entender que ser diferente é o normal

O Dia Internacional da Síndrome de Down no dia 21 de Março 2011 é uma oportunidade para chamar a sociedade à uma reflexão sobre a necessidade de acolher, conhecer e compreender as características específicas das pessoas com a Síndrome de Down (SD)

A síndrome de Down também é chamada de Trissomia do Cromossomo 21, por causa do excesso de material genético do cromossomo 21, que ao invés de apresentar dois cromossomos 21 o portador da S.D. possui três. Atualmente a probabilidade de uma mulher de 20 anos ter um filho com essa síndrome é de 1 para 1600, enquanto uma mulher de 35 anos é de 1 para 370. A probabilidade de pais que têm uma criança com síndrome de Down terem outros filhos portadores dessa síndrome é de aproximadamente 1 para 100. De uma forma geral a síndrome de Down é um acidente genético, sobre o qual ninguém tem controle. Qualquer mulher pode ter filho com síndrome de Down, não importa a raça, credo religioso, nacionalidade ou classe social. Por muito tempo a SD ficou conhecida como mongolismo, pois esse termo era empregado devido aos portadores da síndrome ter pregas no canto dos olhos que lembram as pessoas de raça mongólica (amarela), porém nos dias atuais esse termo não é mais utilizado, é tido como pejorativo e preconceituoso.

É um distúrbio genético causado durante a formação do feto, é uma das anomalias genéticas mais conhecidas. a síndrome de Down é responsável por 15% dos portadores de retardo mental que freqüentam instituições para crianças especiais.

Características da Síndrome de Down:

Dentre as principais, podemos destacar:

• Retardo mental;

• Fraqueza muscular;

• Anomalia cardíaca;

• Baixa estatura;

• Olhos com fendas palpebrais oblíquas;

• Perfil achatado;

• Prega única na palma da mão.

É importante que mulheres muito jovens ou com mais de 35 anos que desejam engravidar busquem orientação médica. Hoje existem exames que detectam a síndrome nas primeiras semanas de gestação, é por isso que o pré-natal é muito importante, para que se tomem as medidas necessárias para que a criança nasça nas melhores condições possíveis e que ao nascer comece um tratamento para desenvolver melhor os músculos, o raciocínio, entre outros. É muito importante que os pais tenham acompanhamento psicólogo para que o profissional trabalhe o emocional deles em relação ao filho.

Desenvolvimento da criança

O desenvolvimento de uma criança portadora da síndrome de Down se difere em pouca coisa do desenvolvimento das demais, dessa forma ela pode freqüentar uma escola de ensino regular, pois o convívio com outras crianças não portadoras da síndrome irá colaborar no seu desenvolvimento. Além disso, essa convivência também é positiva para as demais crianças, pois faz com que cresçam respeitando as diferenças, sem nenhum tipo de restrição em seu círculo de amizade, seja por raça, aparência, religião, nacionalidade.

LOJAPAE

LOJAPAE

Total de visualizações de página

Assitam

Loading...